fbpx

Explorando os princípios fundamentais dos campos toroidais e sua influência onipresente no universo, podemos obter uma compreensão de sua importância em várias facetas da vida, do microcósmico ao macrocósmico. Essas estruturas toroidais, que essencialmente definem o fluxo de energia em nosso universo, oferecem percepções sobre o funcionamento fundamental de vários fenômenos físicos, incluindo o campo geomagnético, as estruturas de DNA e até o campo magnético do coração.

Mais de 99% do universo é composto de plasma, considerado o quarto estado da matéria. Distinto de sólidos, líquidos e gases, seus átomos são divididos em elétrons ‘negativos’ flutuantes livres e íons ‘positivos’ (um átomo que perdeu seu/s seus elétron/s). O plasma é às vezes chamado de gás ionizado e escolhe se manifestar em uma forma toroidal para otimizar sua energia de sobrevivência. 

O campo magnético da Terra, também conhecido como campo geomagnético, tem um campo magnético toroidal que se estende do interior da Terra ao espaço. Este campo magnético é um twistor, onde campos toroidais são criados recursivamente um dentro do outro e se tornam invariantes em escala. Em 2015, a cientista australiana Cleo Loi descobriu e provou que tubos de plasma gigantes, invisíveis e móveis preenchem os céus acima da Terra em uma forma toroidal.

O campo magnético do coração também emite twistors ou campos magnéticos toroidais. Dan Winter, que é creditado na literatura por inventar a palavra “coerência do coração”, enfatiza que a compaixão é aprendida quando as imagens emocionais dentro de nossos corações se tornam tão ‘autossimilares’ (ou ‘fractais’) que se tornam um atrator fractal, criando atração em relação aos outros que têm emoções semelhantes em seus corações.

Além disso, a hélice do DNA pode se dobrar sobre si mesma e formar o que é chamado de “estruturas de ordem superior” como um toroide e atua como um transdutor, convertendo energia sutil em energia eletromagnética convencional.

A geometria toroidal ou o toroide é composto por duas superfícies gaussianas negativas adicionais, a pseudosfera e o catenoide. Na física, o catenoide foi usado para descrever a função de transdução em buracos de minhoca para a energia (dimensional superior) influxo em nosso espaço/tempo 4D com sua topologia única.

É fascinante que a hélice do DNA tenha a capacidade de dobrar-se e formar “estruturas de ordem superior” como um toroide e atuar como uma antena para converter energia 5D em energia 4D. Acredita-se que o catenoide desempenha algumas das funções mais intrigantes na física e é fundamental para a transdução devido à sua topologia e ao caminho específico do fluxo de carga nessa topologia – ou seja, o colapso de carga não destrutiva.

Acredito que se entendermos as duas superfícies gaussianas negativas, a pseudosfera e o catenoide, que compõem um toroide, entenderemos melhor a mecânica por trás do porquê os campos potenciais podem ser considerados como uma ponte entre os campos quânticos de “ordem superior” e os campos EM clássicos mais familiares que compõem as camadas do bio-campo.

Dan Winter aplicou com sucesso a ciência dos campos de força bioativos negentrópicos, implosivos em produtos comerciais em saúde, agricultura, arquitetura e muitas outras áreas. Ele provou cientificamente, por várias técnicas de medição, que suas aplicações estão criando campos bioativos aprimorados para uma aura maior (sistema imunológico, higiene espiritual…etc).

Ter uma aura maior é ter um campo de plasma maior, um campo de carga, literalmente um toroide/rosquinha quando você viaja em seu sonho e após a morte. Um campo de carga vivo como sua aura, seu campo cerebral (holograma do córtex óptico) viaja como um toroide, uma rosquinha de plasma/carga. Esta é a física importante por trás da origem dos alfabetos sagrados (navegando no campo de plasma).

Em resumo, acredito que podemos facilmente definir que a alquimia é outro nome para a ciência de crescer uma aura maior (uma nuvem de plasma em menor escala). No contexto dos alfabetos sagrados, o fluxo inercial em uma espiral precisa, seguindo uma geometria toroidal, na verdade cria impulso propulsor (criação de gravidade) e concordo com Dan que isso faz parte da física profunda do que os alfabetos representam.

Micro Curso: Como Fazer uma Tela Mental Eficiente

Micro Curso: Como Fazer uma Tela Mental Eficiente

Estratégias para uma Tela Mental Eficiente: Dominando o Poder da Visualização A tela mental, um conceito poderoso dentro do estudo do desenvolvimento pessoal e da lei da atração, refere-se à capacidade de usar a imaginação para visualizar desejos e objetivos como se...

Outras publicações:

Micro Curso: Como Fazer uma Tela Mental Eficiente

Estratégias para uma Tela Mental Eficiente: Dominando o Poder da Visualização A tela mental, um conceito poderoso dentro do estudo do desenvolvimento pessoal e da lei da atração, refere-se à capacidade de usar a imaginação para visualizar desejos e objetivos como se...